Aqui vai-se falar da cultura em geral De música e literatura em particular

11
Out 09

 

Seguindo a minha própria sugestão, lá marquei presença no Auditório do Campo Grande para assistir à 1ª Tertúlia poética da editora Temas Originais e ao lançamento dos livros Entre o longe e o distante do poeta Vitor Cintra Coimbra ao som da água do poeta Xavier Zarco. 

Como estamos em Portugal o 1º evento começou com algum atraso. Á hora em que devia ter início a Tertúlia, ainda estavam a preparar a banca onde expuseram os inúmeros livros que a editora já publicou e alguns outros do orador de serviço Roberto Durão.

Confesso que ao me deparar com todo aquele aparato e nervosismo dos organizadores ainda pensei que tinha feito uma má escolha para passar a tarde de Sábado, puro engano meu.

Com mais de meia hora de atraso lá se iniciou a Tertúlia. Na mesa central estavam os sócios organizadores; Xavier Zarco e Paulo Afonso Ramos, e o orador convidado, o poeta Roberto Durão. 

Perante um auditório a meia casa, cerca de 30 pessoas, e feitas as apresentações e agradecimentos pela presença, deu-se então início à 1º Tertúlia poética da editora Temas originais.

Desde a primeira palavra percebeu-se que estávamos na presença de um orador nato. Com uma voz rouca e sempre com uma tremenda alma ao recitar os diversos poemas, Roberto Durão, emprestou a sua voz e deixou a poesia falar através dele (palavras do próprio).

Foram recitados poemas dos mais variados estilos e tendências; desde Pessoa Torga, passando por Régio, Bocage, Nemésio, Sofia Mello Breyner, Florbela, Drummond de Andrade, Sá-Carneiro, e do próprio Roberto Durão entre muitos outros, intercaladas com alguns comentários que trouxeram boa disposição à plateia.

Toda esta fase da tertúlia durou perto de hora e meia, o que levou a que alguns dos presentes se impacientassem, apesar da qualidade da poesia recitada. E os impacientes eram nem mais nem menos os poetas que pretendiam declamar os seus poemas. Não me peçam nomes - impossível decorar todos - mas alguns dos poemas lidos vieram trazer alguma boa disposição, inclusive, fartas gargalhadas.

Em jeito de conclusão, esta 1ª Tertúlia poética foi um sucesso e o orador Roberto Durão merece os parabéns pela forma emotiva que emprestou à poesia que leu, e a provar o que digo está a tremenda ovação que lhe foi dirigida no final.. E todos os presentes deram por bem empregue o seu tempo e foi com sorrisos nos rostos que aproveitámos os vinte minutos de pausa, antes de se iniciar as apresentações dos livros.

 

Quanto a mim, aproveitei esse tempo para adquirir os livros dos poetas em questão e do orador da tarde e lá fui eu atrás dos autografos, acabando por ter algumas trocas de palavras com os autores, qualquer um deles bastante solícito.

Em primeiro lugar apresentei-me ao poeta Vitor Cintra (com quem já tenho trocado comentários na blogosfera) e falámos um pouco da heterogeneidade da sua escrita. Eis a mensagem que deixou no livro: Para o poeta "amadordoverso" Emanuel com um abraço e bons momentos de poesia,10.Outº.2009 Vitor Cintra.

Aproveitando a proximidade e o facto do poeta Vitor Cintra também estar em fila de espera para um autografo do Roberto Durão, eis que entre histórias engraçadas e tiradas de mestre - que só um poeta septuagenário sabe contar - o orador da tarde dedicou-me as seguintes palavras: 10/10/2009 Para o amigo jovem (cuidado c/ a poesia erótica...) este meu livro que, como a poesia, tem um pouco de tudo. Um abraço amigo do Roberto Durão.

Por último dirigi-me ao poeta Xavier Zarco e perante alguma surpresa do autor pedi que me autografasse o seu recente livro: Para o Emanuel com votos de boas leituras com um abraço Xavier Zarco 10-10-09.

Quase imediatamente fomos convidados a voltar a entrar no auditório para se iniciar a sessão de lançamento. Agora, com a chegada de familiares e amigos dos poetas, a sala estava bem mais composta, perto mesmo de estar cheia.

Sentados à mesa estavam os poetas autores; Vitor Cintra Xavier Zarco, os apresentadores de cada uma das obras; Paulo Afonso Ramos António MR Martins, para além da representante da editora Vera Sousa Silva. 

Apesar de algum nervosismo e a falta de funcionamento do microfone de serviço ( que tanta falta fez nesta fase devido ao número de crianças na sala) o evento correu satisfatoriamente. Foram lidos alguns poemas dos autores, tendo o momento alto ocorrido quando os netos do poeta Vitor Cintra recitaram ( cada um, uma quadra) um dos poemas do seu novo livro.

Terminada a sessão de lançamento deu-se início à sessão de autografos mas como este vosso amigo já estava servido retirou-se, dando por terminada uma tarde de muito boa poesia. 

Para terminar, deixo aqui expresso o meu agradecimento aos poetas Vitor Cintra, Roberto Durão Xavier Zarco pela forma como acederam às minhas solicitações e pelos diálogos descontraidos que mantiveram comigo.

 

 

 

 

 

publicado por manu às 10:15

Olá...que maravilha de evento!
Gostaria de ter estado aí e aproveitado esse belo momento!
Fico feliz por Ti!
Um abraço carinhoso
Tatiana Moreira a 11 de Outubro de 2009 às 13:53

Olá Tatiana! Mas que bela surpresa... Obrigado por ter vindo de tão longe
Foi realmente uma tarde bem passada, ao som de boa poesia. Beijos.
manu a 11 de Outubro de 2009 às 17:21

As tertulias são optimas com confraternizar com outras pessoas, socializar ....
Mobiliario Sala a 19 de Outubro de 2009 às 16:25

Completamente de acordo.
manu a 19 de Outubro de 2009 às 17:55

Bem confesso hoje é o dia das minhas invejas, agora depois de ler fiquei com água na boca
pois deve ter sido uma tarde e tanto!
Mas olhe Manu deixei-me rir, porque o microfone sempre falha, é engraçado, também estive
numa sessão daquelas habituais, entre colegas de serviço que gostam de poesia, e o microfone
também sempre falha.

Pois muito nos conta, uma tertúlia bem animada, livro com dedicatória, tenho que voltar
para ler o nome, que já esqueci, mas sei que é do roberto Durão que não conheço, nem
nada li.

Gostei de passar e saber das novidades.
Abraço
rosa
rosafogo a 22 de Outubro de 2009 às 22:53

Olá Rosafogo! Foi de facto uma tarde em cheio. Espero que esta tertúlia tenha sido a primeira de muitas - desde que mantenham o nível desta. Abraço.
manu a 22 de Outubro de 2009 às 23:37

Peço desculpa, não é que começei a ler no escrito em amarelo, daí não ter lido nem
os nomes dos poetas nem os respectivos livros, estava a achar estranho mas agora já li bem.
Voltei não fosse o amigo pensar que eu não estava já muito bem da cabeça o que até nem era falso.

abraço
rosa
rosafogo a 22 de Outubro de 2009 às 22:57

Com um pouco mais de tempo hei-de falar de cada um desses livros. Os da "Temas originais" podem ser encontrados na "livraria barata" da Av. de Roma. Abraço.
manu a 22 de Outubro de 2009 às 23:38

Outubro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

26
27
28
29
30


links
Posts mais comentados
22 comentários
18 comentários
16 comentários
12 comentários
12 comentários
comentários recentes
Parabéns ao apresentador e à autora!Bjo!
otimos comentarios de Simon Scarrow,
Que surpresa!!!!Beijocas
E dia 22 lá estarei muito, muito orgulhosa :)Beijo
Meu querido amigo venho desejar um excelente 2011 ...
Gostei muito da apresentação que o Xavier fez do t...
Olá meu amigo como pode verificar não fica atrás a...
Olá Fátima! Com a saúde não se brinca, espero que ...
Meu amigo é com tristeza que venho pedir desculpa ...
Olá Manelita! E não precisas passar factura. Beijo...
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO