Aqui vai-se falar da cultura em geral De música e literatura em particular

09
Abr 10

Se alguém me tivesse dito, em Outubro de 2008, que ao fim de ano e meio eu iria ter neste blogue vários artigos sobre pessoal da blogosfera, eu provavelmente acreditaria.

Se alguém me tivesse dito que, por esta altura, a maioria desses artigos seriam sobre livros editado por esse pessoal... aí, confesso, era capaz de não acreditar.

Mas a realidade é mesmo essa. Ao fim de ano e meio de blogosfera já fiz aqui referência a vários livros editados pelos amigos blogueiros. E hoje venho falar-vos de mais um...

É evidente que o meu conhecimento da realidade virtual (belo trocadilho), por estes dias, é bem superior ao que tinha quando aqui vim parar. A experiência que fui adquirindo através da interacção com a família virtual tem-me permitido conhecer outras poesias, outros conceitos, outras visões sobre a escrita, bem distintas da minha. Para o bem e para o mal, todas elas têm demonstrado ser de uma utilidade notável no meu crescimento como autor - se me permitem a ousadia do termo - e na evolução dos poemas que produzo. 

As surpresas têm sido muitas e, sem desprimor para com as anteriores, acredito que este livro é, até à data, a maior de todas.

 

O livro de que vos quero falar - DETRÁS DA SOMBRA - é uma obra que merecia, sem qualquer ponta de dúvida, uma maior exposição pública (talvez uma editora de maior visibilidade) não só pelo conteúdo poético mas principalmente por ter sido escrito por um autor com apenas 17 anos com uma mentalidade e maturidade fora do comum. Atentem no seguinte:

 

...

Num mundo em que as sombras são a luz,

A noite é maior que o dia,

E a existência é uma freguesia

Sem moradores de permanente estadia,

Qual a ponte entre o real e a utopia?

Qual o elo entre a verdade e a vida?

Oh, que me tirem daqui!

Protejam-me de mim!

Pois tudo isto digo em vão,

Num esforço para alcançar o vento

E calar esta inquietação.

 

Quando alguém tão jovem escreve versos como estes só me surge uma pergunta a fazer: O que vai ele escrever quando tiver o dobro da idade? O que podemos esperar quando tiver a experiência de um homem de 64?

 

Um jovem que escreve isto...

 

A SÚPLICA TARDIA

 

É como se não mais estivesse aqui

Sim, na neblina eu desapareci

Perdido na incerteza de palavras não ditas,

De verdades malditas, e de olhares piedosos

Que atestam a secura dos meus lábios,

Oh, tristes lábios.

 

É como se já não fosse completo;

A minha alma é um deserto.

Esquecida entre promessas de mudança,

Suspiros sem esperança, e lágrimas

Que cobram o meu sangue,

Oh, doce sangue.

 

Mas eu estou aqui

Ninguém me vê, mas não parti

Que o solo comprove a minha fúria,

Os céus, os meus clamores,

E o mar, as dores que tentei afogar

Aos meus pés.

 

Eu estou aqui, eu estou aqui

Entre escombros daquilo que vivi

Por entre sussurros de escarnecer,

Ódio e desconfiança;

Lá se foi a bonança, junto com

A vontade de viver.

 

No fio da navalha,

No gume da espada,

À beira do abismo;

Apenas o vejo porque o sinto!

 

Consumido pelo fogo,

Gelado pela frieza,

Cegado pela clareza

Da realidade... ou do absinto.

 

Eu estou aqui, eu estou aqui

Mas a mim mesmo perdi

Quando fiz com que me perdessem a mim.

  

 

...que vai escrever daqui a dez, vinte, trinta anos?

Creio que estes dois excertos exemplificam na perfeição toda a minha surpresa, respeito e admiração por este jovem de 17 anos.

Julgo também que estes dois exemplos serão suficientes para vos abrir o apetite para devorarem todo o livro.

Quem estiver interessado em adquirir o livro pode visitar o blogue do autor aqui ou o site da editora aqui 

 

DETRÁS DA SOMBRA - YEGAMINO - CORPOS EDITORA - definitivamente um livro a não perder de um autor a quem auguro um grandíssimo futuro enquanto poeta; assim o permita o destino e o mundo editorial. Leitores não faltarão, certamente.

 

Boas Leituras

 

 Joe, obrigado por me teres oferecido o teu livro. É uma honra poder contar com a tua poesia na minha biblioteca. 

  

publicado por manu às 22:55
tags: ,

Lindíssimo poema m tão tenra idade.
Que Deus reserve muitos outros livros como este.
Você fez muito bem em divulgar e quantos escritores e poetas não estão perdidos ou esquecidos por estes caminhos?

Abraço
Simbologia do aMoR a 10 de Abril de 2010 às 19:13

Olá Vera! Assim é. Quanto talento não se perde ao longo do tempo por falta de oportunidades?!! Este jovem tem um talento enorme e seria um desperdício perdê-lo. Quanto a mim, apenas posso dizer que continuarei a chamar as atenções para os talentos que for encontrando. Abraço.
manu a 10 de Abril de 2010 às 23:27

Olá Manu,
É fantástico sim... estive a ver os blogues, sim! Há um completamente em francês e devo dizer que deliciei-me! Notei na idade deste jovem...e realmente o que escreve é de alguém com uma maturidade mais elevada!

Gostei muito também do registo poético que utiliza...

um beijo

HelenaIsabel
Breizh da Viken a 10 de Abril de 2010 às 22:35

Olá Breizh! Tive a mesma sensação que tu quando li os poemas dele. Confesso até que, perante a barbaridade da sua escrita, ainda cheguei a duvidar que se tratasse de um poeta tão jovem. É, com toda a certeza, um talento a seguir com atenção. Beijos
manu a 10 de Abril de 2010 às 23:31

Olá, Manu. Disseste que ias colocar um dos meus poemas no teu blog de divulgação literária, mas não imaginei que também fosses escrever esta mensagem aqui, que me surpreendeu e deixou-me mesmo contente. Muito obrigado.

Após passar pela experiência de publicar o primeiro livro, posso dizer que esse lado da produção literária não me cativou nem realizou, seja pela dificuldade de ser respeitado pela própria editora (na qual valorizo o empenho em publicar poesia, mas critico a lentidão com que desenvolve os seus projectos, que no meu caso frustrou todos os primeiros planos para a apresentação e divulgação do livro), seja pela dificuldade de ser lido e criticado e com isso poder crescer artisticamente. Por outro lado, pude conhecer pessoalmente e virtualmente vários e bons escritores, incluindo tu, bem como outros apreciadores de literatura, e isso tem sido importante e positivo para mim. Talvez daqui a algum tempo arrisque publicar um segundo livro, mas por enquanto quero relaxar e simplesmente apreciar o facto de já ter tido uma oportunidade, ter conseguido aproveitá-la e ter aprendido tanto sobre mim, sobre outras pessoas talentosas e sobre este universo das artes (em parte aliado ao dos negócios).

Mais uma vez, agradeço-te muito o facto de teres gostado e divulgado o meu livro desta forma. Apenas o soube porque uma amiga meteu-se aqui a pesquisar o meu livro no Google e encontrou isto, portanto podes imaginar a surpresa que tive. Também tenho de agradecer bastante aos leitores que comentaram aqui positivamente. Tenho-me mantido afastado da blogosfera e sem partilhar a maioria dos meus textos por falta de vontade, mas um dia destes recupero o fôlego. Entretanto, tenho de voltar a apresentar o livro na minha escola, em breve. Gostava de poder convidar-te, mas a assistência vai estar limitada a professores, alunos, encarregados de educação e funcionários. Espero que tudo volte a correr bem, e aproveito para desejar que o teu próprio livro, que já li, possa fazer o sucesso possível. Boa sorte para todos nós!...
Joe a 13 de Abril de 2010 às 16:45

Olá Joe! Em primeiro lugar bem-vindo neste espaço mais cultural onde expresso a minha opinião sobre o que leio. O que escrevi sobre ti e o teu livro aconteceu, como quase tudo o que escrevo, de forma espontanea mas creio que não há ninguém que possa contradizer um só aspecto da minha dissertação. Tu tens um talento enorme e só não és objecto de uma maior exposição por várias razões, que te poderei dizer noutras circunstâncias mas que já vais tomando conhecimento, sendo uma delas o facto de estarmos num país com um mercado residual e cheio de lobbies.
Compreendo perfeitamente quando dizes que vais fazer uma pausa e aproveitar para saborear este momento, comigo passou-se exactamente o mesmo mas atenção, não deixes de te fazer sentir junto da comunidade poética, sê agressivo na divulgação do teu trabalho (leia-se o DETRÁS DA SOMBRA) e não permitas que essa tua veia relaxe mesmo que só a uses na intimidade. Alcançaste um objectivo mas, para o bem e para o mal, ainda não ganhaste nada e estarás à prova durante muito tempo. No que diz respeito a edição de obra estamos no mesmo patamar mas eu tenho atrás de mim 14 anos de tentativas frustradas e sei por experiência acumulada que o talento por si só não chega. Mas isso são assuntos para outra oportunidade.
Neste momento apenas quero renovar o meu desejo que tenhas muito sucesso e que possas continuar o presentear-nos com o teu génio criador. Eu continuarei aqui neste meu cantinho a fazer a divulgação possível. Forte abraço
manu a 14 de Abril de 2010 às 02:23

Olá Manu, tal como o amigo também foi uma surpresa para mim este Poeta tão
jovem, também me fiz as mesmas interrogações, que escreverá quando for grande?
Grande na Poesia ele já é! Estive na apresentação do livro e é um rapaz delicado e
atencioso também, (Ah! Se eu tivesse assim um neto) .
O Livro é excelente, e eu tenho dedicatória e tudo e li-o duma assentada.
E o amigo como vai? Agora ando retirada lá para o Luso, Recanto das Letras, Fios do Infinito,
e o meu blog, um pouquito parado, é difícil, a vida é uma correria há que acudir a muita coisa.
Espero nos encontremos brevemente numa qualquer apresentação.

Abraço, desejo que tudo esteja a correr conforme desejado.
natalia nuno
rosafogo a 14 de Abril de 2010 às 01:17

Olá Rosafogo! Realmente temos perante nós um caso sério. A poesia do Joe é de uma riqueza enorme e merece a pena fixarmo-nos nela com atenção.
E a amiga agora com toda essa exposição já repensou a sua posição? Quanto ao tempo... já se sabe, é sempre curto e passa a correr.
Não faltarão oportunidades de nos voltarmos a encontrar numa apresentação. Eu bem lhe disse que era viciante, lembra-se?
Abraço.
manu a 14 de Abril de 2010 às 01:40

Abril 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


links
Posts mais comentados
22 comentários
18 comentários
16 comentários
12 comentários
12 comentários
comentários recentes
Parabéns ao apresentador e à autora!Bjo!
otimos comentarios de Simon Scarrow,
Que surpresa!!!!Beijocas
E dia 22 lá estarei muito, muito orgulhosa :)Beijo
Meu querido amigo venho desejar um excelente 2011 ...
Gostei muito da apresentação que o Xavier fez do t...
Olá meu amigo como pode verificar não fica atrás a...
Olá Fátima! Com a saúde não se brinca, espero que ...
Meu amigo é com tristeza que venho pedir desculpa ...
Olá Manelita! E não precisas passar factura. Beijo...
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO