Aqui vai-se falar da cultura em geral De música e literatura em particular

13
Nov 10

Chegou ao fim mais o passatempo de Novembro e tenho mais um livro para entregar. Desta vez a vencedora é a Maria Antonieta Oliveira que vai receber um exemplar do livro BALDIOS de José Tolentino Mendonça.

 

Aqui ficam as respostas correctas:

1 - Um toldo vermelho - Joaquim Manuel Magalhães

2 - O anjo Branco - José Rodrigues dos Santos

3 - O último beijo - Manuela Fonseca Amaral

4 - A noite abre meus olhos - José Tolentino Mendonça

5 - O puro e o impuro - Francisco José Viegas

 

O próximo passatempo deste blogue será apenas em Janeiro, até lá... BOAS LEITURAS... em português


02
Out 10

A escritora Fátima Soares, uma amiga deste blogue e grande entusiasta deste género de iniciativas disponibilizou-se, desde a primeira hora, a colaborar nos passatempos que pretendo fazer regularmente neste espaço.

Desta vez, a sua participação é mais directa pois temos um exemplar do seu primeiro livro ASCENÇÃO E QUEDA (romance de ficção) para oferecer.

Este livro é o primeiro de uma tetralogia que já tem dois volumes lançados, prevendo-se a edição do terceiro até ao fim deste ano.

 

SINOPSE

«Andreia é uma jovem como tantas outras, cujo quotidiano é invadido pelo sobrenatural e o mais improvável dos acontecimentos. Ela e o seu amigo Ema vêem-se envolvidos numa roda de aventuras perigosíssimas, onde sentimentos controversos os invadem e os deixam tão confusos que ambos têm dificuldade em geri-los. A jovem indefesa e insegura adquire coragem e luta, chegando a abdicar da própria vida pela de um amor que está condenado desde início. Poderá ela triunfar?»

 

Regras deste passatempo

1 - Escrever um pequeno texto (máximo 3 parágrafos) no espaço de comentários deste blogue, dando continuidade a um excerto do livro que adiante apresentarei.

 

2 - Responder à pergunta que colocarei adiante e enviar a resposta para o seguinte endereço de mail manulomelino.mail@sapo.pt

 

3 - As respostas devem ser enviadas até às 23.59 de sexta-feira dia 8 de Outubro

 

4 - Só será permitida uma participação por pessoa

4.1 - Em caso de múltipla participação será considerada válida a primeira

 

5 - O(A) vencedor(a) do passatempo será notificado(a) através de mail e nessa altura deve facultar um endereço para o envio do livro

5.1 - Se não houver resposta em tempo útil(24h), o livro será entregue ao 2º e assim sucessivamente.

 

Recordo que estes passatempos se destinam, por enquanto, somente a residentes em território português

 

Dêem continuidade:

 

"... As batidas no peito aumentavam-me e a respiração custava a sair-me da garganta. Alguém na minha cabeça entoava um grito querendo ver se quebrava um cristal da Boémia. Ele não ía precisar de me matar, eu era perfeitamente capaz de fazê-lo a mim própria.

Dobrei a cabeça até aos joelhos e tentei fazer com que o sangue, que me fugira para os pés, se elevasse de novo até ao meu cérebro.

Já mais calma, sentei-me no alcatrão. Tinhamos caminhado um pouco enquanto falávamos. Eu caminhara e obrigara-a a acompanhar-me. Não corria o risco de estar muito tempo com ela a fixar-me o olhar. Agora reparava que estava no campo de jogos.

Já devia toda a gente ter-se ido embora. Escurecia. A esta hora Emanuel devia interrogar-se onde raio eu me metera..."

 

 

Pergunta:

 

Quais os nomes dos volumes já editados nesta tetralogia? 

 

Mãos à obra


01
Set 10

Os que melhor me conhecem e lidam comigo quase diariamente sabem que basta uma palavra, um acontecimento ou uma imagem para esta minha mente entrar num corrupio de pensamentos para em seguida surgirem as ideias mais inesperadas; como naquele jogo em que alguém diz uma palavra e logo outro tem de dizer uma relacionada (exemplo: azul - céu - estrelas - noite...). A minha cabeça funciona um pouco assim; por associação de ideias. À primeira vista, e para quem não me conhece ou tem um relacionamento mais superficial comigo, isto que acabo de revelar pode parecer um pouco estranho, havendo talvez quem lhe chame insanidade. Mas as coisas são como são e é assim, através deste processo, que me surgem as melhores ideias. Serve esta pequena introdução para que possam entender o que adiante passo a relatar:

Nos últimos dias tenho recebido alguns mails de pessoas que se queixam de não estarem a encontrar o meu livro nas livrarias e a minha resposta é, invariavelmente, esta: existe uma boa possibilidade do livro estar esgotado mas podem fazer a reserva pois a editora tem um acordo com as livrarias que permite uma resposta rápida a este género de solicitações. Sejamos francos; ninguém estaria à espera que a editora colocasse um número considerável de exemplares nas livrarias, ainda para mais de uma primeira obra (afinal de contas não sou um best-seller).

Devido a estes mails tive de tentar desbloquear a situação e perante o pouco tempo livre que o trabalho me deixa comecei a fazer contas à vida e a ter aqueles pensamentos que todos nós temos maldizendo a sorte, vociferando contra o destino e lamentando-me por nunca ter tido a chance de poder trabalhar em algo que me realizasse pessoalmente. Os poucos momentos em que posso afirmar estar em sintonia comigo mesmo é quando estou a ler ou a escrever. Inclusive, num dia de trabalho, a única hora que realmente me satisfaz é a de almoço, não pelo repasto mas por poder ler um pouco (todos os dias levo um livro comigo). O resto do dia é vivido numa ansiedade tremenda para chegar a casa e fechar-me no meu mundo ideal; o dos livros e da escrita.

Sabendo que nem todos têm a sorte de exercer uma profissão de acordo com o que se gosta de fazer, lá vou aproveitando os meus limitados tempos livres para me realizar; leio os meus livros, escrevo os meus poemas e faço um trabalho de divulgação de poesia em língua portuguesa num espaço que criei no blogger no início do ano. Perante a boa aceitação que o TOCA A ESCREVER tem sido alvo ( não em comentários mas em visitas) e tendo em conta que este blogue tem estado um pouco parado ( há muito que não consigo fazer aqui as habituais sugestões literárias) decidi revitalizar este espaço através de algumas iniciativas que pretendo levar a bom porto ( assim me permitam o tempo e a disponibilidade financeira).

Assim sendo e porque este post já vai longo, deixo aqui o aviso à navegação que apartir do próximo fim de semana e com periodicidade mensal, realizarei neste blogue alguns passatempos havendo livros (não só o meu) para oferecer. Como em tudo na vida, também nestes passatempos existirão regras que a seu tempo divulgarei, no entanto, há uma que é imperioso deixar desde já expressa, os participantes terão de residir em território português.

Espero que com o passar do tempo alguns autores e/ou editoras se juntem a este meu projecto e contribuam nesta minha tentativa de estimular o gosto pela literatura em língua portuguesa.

Já agora espalhem a palavra e venham participar. 


Janeiro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
26

27
28
29
30
31


links
Posts mais comentados
comentários recentes
Parabéns ao apresentador e à autora!Bjo!
otimos comentarios de Simon Scarrow,
Que surpresa!!!!Beijocas
E dia 22 lá estarei muito, muito orgulhosa :)Beijo
Meu querido amigo venho desejar um excelente 2011 ...
Gostei muito da apresentação que o Xavier fez do t...
Olá meu amigo como pode verificar não fica atrás a...
Olá Fátima! Com a saúde não se brinca, espero que ...
Meu amigo é com tristeza que venho pedir desculpa ...
Olá Manelita! E não precisas passar factura. Beijo...
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO